Ibama concede licença que irá beneficiar pescadores do Município de Aracruz

O Ibama autorizou a coleta de rodolitos (algas arribadas) em Aracruz/ES para a associação de pescadores Apemar, localizada no próprio município. A atividade vai envolver 20 pessoas diretamente divididas em grupos nas quatro áreas onde o projeto será desenvolvido. A expectativa é que este projeto beneficie diversas famílias durante o período de defeso do camarão, que, no Espírito Santo, é unificado durante quatro meses. Segundo os representantes da associação, os envolvidos com a coleta são, principalmente, as mulheres, que trabalham com a pesca do camarão.

O maior benefício social e econômico da atividade de cata dos rodolitos está relacionado com os períodos de defeso do camarão, quando muitos pescadores e mulheres que trabalham com o beneficiamento do crustáceo ficam sem qualquer atividade econômica. Ou seja, a coleta de algas, além de ser uma fonte alternativa de renda, fará com que os índices de pesca ilegal nos períodos de defeso diminuam, explica Bruno De Laquila, um dos idealizadores do projeto.

Em parceria com instituição de pesquisa, ainda a ser definida, serão determinadas as principais utilidades para as algas beneficiadas, mas podem ser utilizadas para agricultura, indústria de cosméticos, nutrição animal e tratamento de água (filtro biológico).

Algas Calcárias Arribadas: O projeto pretende a coleta de todas as algas calcárias mortas na região entre-marés e berma. Somente podem ser pegos os rodolitos de cor branca ou cinza, demonstrando falta de pigmentação na estrutura calcária.

As algas calcárias que possuem essa aparência não possuem mais de vida e são denominadas rodolitos pois sofreram o processo de rolamento no fundo do mar, dando aspecto esférico as algas que se desprenderam dos bancos naturais e chegaram até as praias arribadas.

Luciana Carvalho
Ascom/Ibama/ES

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.