Pescadores paulistas são detidos por pesca predatória no rio Apa

Policiais Militares Ambientais de Porto Murtinho, em fiscalização ontem no rio Apa na região do Braunal, prenderam um grupo composto por três pessoas do Estado de São Paulo, que praticava em local proibido.

Nory Fernando Brescancini, comerciante; Edinei Flavio Moraes, aposentado, residentes em Jundiaí-SP e Fernando José Ribeiro dos Santos, representante comercial, residente em Piracicaba-SP, pescavam em uma cachoeira do rio Apa, sendo que cachoeiras são locais proibidos para a pesca.

Com eles foram apreendidos três barcos, três motores de popa com tanques de combustível, um molinete e seis carretilhas. Eles não tinham capturado pescado, visto que, nesta área do rio Apa, só é permitida a pesca na modalidade pesque-solte. Cada autuado foi multado administrativamente em R$ 1.100,00.

Os pescadores receberam voz de prisão e foram conduzidos, juntamente com o material apreendido, à delegacia de Polícia Civil de Porto Murtinho, onde eles foram autuados em flagrante pelo crime ambiental cometido e saíram após pagamento de fiança. Se condenados, poderão pegar pena de um a três anos de detenção.

PMA/MS

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.