PMA fecha acampamento e pesqueiro no Pantanal

Policiais Militares Ambientais de Corumbá, que trabalham na “Operação Semana Santa”, autuaram ontem Deolinda Da Paixão Bastos, residente no Porto da Manga, Distrito de Corumbá.

Ela estava reformando um pesqueiro e ainda permitia que pescadores acampassem dentro da área de preservação permanente, às margens do Rio Paraguai. Deolinda foi autuada administrativamente e recebeu multa de R$ 10.000,00. As atividades foram interditadas e os pescadores foram obrigados a retirar as barracas de dentro da área de preservação permanente.

A autuada responderá por crime de funcionar atividade potencialmente poluidora sem autorização do órgão ambiental competente. A pena para este crime é de seis meses a um ano de detenção.

PMA – MS

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.