Ribeirão Preto – Parque Tom Jobim recebe cerca de 300 quilos de tilápias retiradas do Curupira

Ação visa reduzir a super população de peixes em função da rarefação de oxigênio na água. Domingo será dia de pesca, com vara, no Tom Jobim

A prefeita de Ribeirão Preto, Dárcy Vera, acompanhou na manhã desta quinta-feira, dia 15 de abril, a primeira etapa do processo de retirada de cerca de 300 kg de peixes dos lagos do Parque Prefeito Luiz Roberto Jábali – Curupira. Os peixes foram transferidos, em tanques apropriados, abastecidos com a mesma água dos lagos, para o Parque Tom Jobim, na região Noroeste da cidade, que tem seu ecossistema natural.

A prefeita Dárcy Vera explicou que essa medida objetivou, neste período de estiagem e queda das temperaturas, evitar a super população dos peixes (tilápias, carpas, tambaquis e pequenos peixes ornamentais) e melhorar a oxigenação da água. Com o abastecimento de peixes no Parque Tom Jobim, a prefeita Dárcy Vera, liberou, naquele local, a pesca com vara, neste domingo, dia 18, a partir das 8h, e também já determinou a ampliação da segurança efetuada pela Guarda Municipal, tanto no período diurno, quanto noturno.

Lagos agora terão espécies de alevinos predadores como “pintados” e “cacharas”, (que equilibrarão o ecossistema) e também “curimbas” e “cascudos”, (que contribuirão com a limpeza dos lagos, pois sugam o lodo)

Numa próxima etapa, outros peixes serão transportados. Desta vez do Parque Luis Carlos Raya para o Parque Roberto de Mello Genaro, localizado entre as avenidas Santa Luzia e Caramuru, previsto para ser inaugurado neste primeiro semestre, e também para o Clube dos Servidores, instalado no bairro Salgado Filho.

Edmur Eodair Manfrim, diretor de Gestão Ambiental da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, explicou que é a primeira vez que a administração municipal toma essa iniciativa “Até agora nunca houve controle da população de peixes existentes nos lagos. Nosso trabalho consiste em etapas: primeiro a retirada dos peixes, depois a limpeza e dragagem dos lagos, com a inserção de espécies de alevinos predadores como“pintados” e “cacharas”, (que equilibrarão o ecossistema dos lagos) e também de “curimbas” e “cascudos”, (que contribuirão com a limpeza dos lagos, pois sugam o lodo). E numa terceira etapa, faremos a implantação do “timer”, que é um projeto ainda em estudo junto à Coderp (Companhia de Desenvolvimento Econômico de Ribeirão Preto), para ser instalado nos parques visando o ligamento e desligamento automático das bombas de águas das cachoeiras em períodos pré-determinados durante o dia e noite, propiciando a geração da oxigenação dos lagos”, explica Manfrim.

Projeto de revitalização do Parque Tom Jobim – A prefeita Dárcy Vera busca parcerias para, juntamente com a Secretaria Municipal de Obras, colocar em prática as ações de revitalização no Parque Tom Jobim. Do projeto constam a troca dos alambrados, a melhoria das calçadas – colocando concreto colorido (como o utilizado na Francisco Junqueira), construção de banheiros, instalação de Internet gratuita e ainda a execução de um trabalho paisagístico, que estará atrelado a uma campanha de conscientização para que a população crie o hábito de cuidar do Parque.

Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto

Veja também

Goiás – Lei da Cota Zero será renovada por mais três anos

Os rios goianos são, sem dúvida, um dos maiores patrimônios de Goiás. A biodiversidade e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Segurança (obrigatorio) * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.